Fica, vai ter indireta!

Fala na cara, fela da mãe!

Impressionante a “revolução” tecnológica pela qual estamos passando. E com ela  para o nosso bem ou nosso mal, as redes sociais.

Sou do tempo do chat, do icq , e só um bom tempo depois, do msn. Naquela época não existia perfil, você não via a foto da pessoa com a qual você conversava, não sabia de absolutamente nada a seu respeito, a não ser as informações que ela te passava, que tanto podiam ser verdadeiras, como completamente falsas. Quem não conhece alguém que já foi “enganado”, que conheceu uma pessoa num chat de internet e depois de marcar um encontro viu que não era nada daquilo?  \o   Pois é…. #abafa

Com o surgimento do Orkut em 2004, as coisas ficaram um pouco menos complicadas. Só que não.  Na verdade pra quem estava sozinho, sem um pé para esquentar nas noites frias de inverno e solidão, o Orkut não representou absolutamente nada de negativo, muito pelo contrário. Era uma excelente ferramenta para encontrar amigos perdidos do passado, colegas de trabalho ou de escola, e até mesmo aquele seu primo gatinho que mora longe.  O que não era meu caso, porque né… 

Mas pra quem já havia encontrado sua outra metade da laranja, sua tampa da panela, o Orkut não era lá essas coisas divertidas. Presenciei muito arranca rabo de casais por conta desse “inocente” site, inclusive até meio que fiz parte de um … #abafa. Mas o Orkut também tinha seu lado “cultura” . Sempre usei o site pra pesquisas musicais, e foi através dele que conheci muitos amigos  queridos e com gostos bem parecidos aos meus.  As comunidades eram uma verdadeira festa.  Quando saía briga era demais, sempre por motivos fúteis, ou por alguns usuários levarem a sério demais o mundo virtual. Apesar de ainda manter meu perfil no site, quase nem frequento mais. Saudades do Orkut.

O Facebook chegou na minha vida em 2009, após eu ler uma matéria sobre ele e me animar pra conhecer.  No início achei estranho, confesso que demorei pra me acostumar, mas agora não me imagino sem meu perfilzinho hehe. Junto com o ‘FB’ comecei a usar o Twitter, esse eu me acostumei de cara, e hoje em dia escrevo “bagaray” como diz um amigo, ótima ferramenta pra desabafo.

Acontece que, tanto Facebook como Twitter acabaram virando uma excelente arma para “desabafos de maneira indireta”. Chega a ser cômico. Vai me dizer que você nunca deixou uma indiretinha no seu perfil pra alguém? Seja na forma de vídeo, música, frase do Caio de Abreu, ou até mesmo xingando explicitamente? E vai me dizer que você nunca foi o alvo de alguma indireta? E quando a indireta nem é pra você, mas você acha que é, e o pior, ainda vai tomar satisfação? Sei de pessoas que escrevem a indireta, e o “indiretado” vai lá e ainda curte!

Na boa, as pessoas deviam marcar logo o nome das vítimas das indiretas, seria muito mais fácil, e ainda tornaria o facebook e o twitter muito mais emocionantes, né não?

Tipo :

“ Tô cansada de pessoas folgadas que não me ajudam em nada, né @fulanadetal?”

Ou então :

@Beltranadasilva não poste fotos suas de biquíni porque assim você nos assusta”

Ou ainda:

@ciclanadetal , pare de comentar as fotos do meu namorado, sua puta!” – Essa é campeã de reclamações, a mulherada fala, mas não tem coragem de fazer… homens também, viu? #abafa.

O fato é que as pessoas não querem brigar, se envolver em discussões. Eu não sou diferente, afinal, meu perfil ia ficar muito feio cheio de xingamentos né? Mas ás vezes dá vontade… acho que se eu começasse a “dar nomes aos bois” meus perfis seriam só de brigas …  Já cheguei a ler uma puuuuta briga que começou com indireta, mas o “indiretado” percebeu que era com ele , e foi tirar satisfação com o “indiretante”. O que eu fiz?  Bom, eu peguei a pipoca e apertei f5 pra acompanhar, mas no final eles resolveram  terminar a discussão em off, o que de certa maneira me deixou um pouco frustrada…

Enfim, o fato é que elas, as redes sociais, estão aí para nos ajudar, para nos fazer sermos ouvidos, para nos informar e fazermos sim, por que não, amigos. O que a galera tem que se conscientizar é que podemos usá-la tanto pro bem como pro mal, muito embora um quebra pau virtual seja bem divertido …. =)

>> Este post foi escrito ao som do álbum Sting in The Tail  –  Scorpions  =D

Anúncios

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Internet e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Fica, vai ter indireta!

  1. pinguimrepoter disse:

    Excelente post rose, concordo plenamente. Parabéns ai pelo post

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s