Sobrenatural: Experiências paranormais no mundo do rock Pt. 1

5532925106_0e8cd7827c_z

Buuuuu!

Quem nunca passou por ao menos uma única experiência estranha na vida? Visões de vultos, vozes do além, objetos que caem de repente, ou qualquer outra coisa do gênero? Pois é, eu já passei por várias situações no mínimo esquisitas e aposto que você também, afinal, ninguém está livre disso, e muitos músicos conhecidos também já vivenciaram histórias com o lado de lá. Listei as 13 “experiências”mais interessantes (divididas em 2 partes), e caberá apenas a você acreditar. Ou não.

Sting – O músico contou ao site chileno Guioteca que suas experiências paranormais começaram ainda na infância. “No jardim da minha casa muitas vezes via alguns homens vestidos com capacetes, escudos, espadas e lanças, mas eu não sabia quem eles eram. Mais tarde, aprendi que esses estranhos visitantes eram soldados romanos, talvez fantasmas do antigo Império legionário.”  Anos depois, já no Police, o cantor inglês comprou uma casa em Highgate, onde começaram novas experiências inexplicáveis. Alguns objetos desapareciam misteriosamente e vozes podiam ser ouvidas durante a noite. Quando sua filha nasceu os fenômenos estranhos se intensificaram. “Uma noite, ouvi sussurros e  gritos de socorro vindos do quarto da minha filha. Chegando lá vi os móbiles em cima do berço  girando em alta velocidade, como se estivessem impulsionados por um motor muito poderoso. Olhei pela janela para ver se havia vento, mas ela estava fechado. A única coisa que fiz foi correr com minha filha de lá.” Após a intervenção de parapsicólogos contratados por Sting, tudo voltou ao normal. 

Medo nível >> tenho mais medo da voz do Sting em Roxanne.

Vince Neil – O vocalista da banda de hard rock Mötley Crüe já vivenciou diversas experiências com o sobrenatural, e duas delas foram relatadas ao programa “Celebrity Ghost Stories”, do canal Biography. A  que mais chama a atenção é a de sua filha, Skylar de apenas 5 anos, que após travar uma longa batalha contra o câncer faleceu em 1995. “Depois que a enterramos me afundei em drogas e álcool. Eu não ligava mais para a banda, nem amigos ou família, eu queria morrer. Eu senti que ela estava esperando por mim, e o único lugar que eu queria ir era para ela. Em uma noite eu estava deitado na cama com seu cobertor, ainda desejando morrer. Senti um pequeno puxão no cobertor. Acordei, abri meus olhos e a porta estava aberta. Me assustei muito, não sabia o que estava acontecendo, mas sabia que era ela.” Vince e a filha foram à sala onde brincaram e decoraram um vestido que a menina tinha, com flores feitas de papel. A garotinha disse ao pai que precisava ir e sumiu. O vocalista pegou no sono e na manhã seguinte constatou que o vestido que havia decorado com a filha estava ali, com as mesmas flores de papel feitas durante a madrugada. Depois da experiência Neil se recuperou, pois acreditou que a filha havia aparecido para salvá-lo. Ele criou a Fundação Skylar Neil, que trabalha em  pesquisas médicas procurando a cura para a AIDS, o câncer e outras doenças. 

Medo nível … ah, isso é fofo, não dá medo!

Alice Cooper e Joe Perry – O cantor Alice Cooper e o guitarrista do Aerosmith, Joe Perry, moraram por alguns dias em uma espécie de fazenda ao norte de Nova Yorque, para se dedicarem à composição de algumas canções. Ao chegarem, Alice começou a arrumar suas roupas no armário que estava aberto, por um  instante o músico saiu do quarto, e quando retornou percebeu que as portas do mesmo armário haviam sido fechadas, juntamente com todas as gavetas da cômoda. Na noite seguinte enquanto ele e Joe jantavam, começaram a ouvir sons de móveis sendo arrastados no porão, nesse ponto, ambos questionaram se eles eram os únicos habitantes na casa. Joe também afirmou que sua jaqueta nunca estava onde ele a deixava. Dias depois descobriram que a casa em que estavam era a mesma onde Jay Anson escreveu The Amityville Horror: A True Story.

Medo nível >> ambos haviam saído de clínicas de reabilitação…

Dave Grohl (Nirvana, Foo Fighters) –  O baterista e vocalista declarou recentemente que acredita que sua casa em Seattle é assombrada pelo fantasma de uma mulher indígena. Uma noite ele e sua esposa Jennifer fizeram perguntas a um tabuleiro Ouija. “Assassinado”, essa foi a palavra exposta depois de perguntar que aconteceu na casa. Mais tarde, depois de uma investigação sobre a propriedade, eles descobriram que um bebê nativo americano foi assassinado no final do século 19 por sua mãe e enterrado em um poço no terreno da casa. Ele acredita que a mãe assassina está assombrando a casa e o  terreno à espera de que seu filho tenha um enterro apropriado.

Medo nível >> Dave anda vendo muito filme de terror pra adolescentes, risos.

Banda Myth –  A banda portuguesa fez um ensaio fotográfico promocional numa quinta (propriedade rural como sítio, fazenda, rancho, etc.) abandonada. Quando os caras da banda foram ver as fotos repararam que em uma delas havia alguém ao fundo, mas pensaram tratar-se apenas de um membro da equipe que por um descuido acabou aparecendo. No entanto, os fotógrafos afirmaram que não havia ninguém por trás da banda quando a fotografia foi tirada. Acredita-se que a aparição que pode ver-se ao fundo é a de Jimmy, o antigo baixista que morreu num acidente quando conduzia a van da banda na véspera de um show. Todos sobreviveram com pequenos ferimentos, exceto Jimmy. Quando a foto foi tirada, alguns meses depois do acidente, a banda tinha um novo baixista e esta foi a única fotografia tirada com todos os membros juntos .

Medo nível >> isso está me cheirando a marketing pra vender o disco deles…

fantasma-no-casteloç

Mikey Welsh – O ex-baixista do Weezer sonhou com a própria morte dias antes de ser encontrado sem vida, num quarto de hotel em Chicago, em 8 de outubro de 2011. Em sua conta no twitter é possível ler uma mensagem do dia 26 de setembro, na qual o artista escreve: “Sonhei que morria em Chicago no próximo fim de semana (de um ataque de coração enquanto dormia). Preciso escrever meu testamento hoje.” A provável causa da morte foi overdose. Welsh entrou na banda em 2000, onde permaneceu por dois anos  e gravou com o Weezer apenas o disco “Green Album”, de 2001. Ele havia voltado a se dedicar à pintura.

Medo nível >> Não quero sonhar nunca que estou morrendo, credo em cruz!

Sem título

 Trilha sonora deste post >> The Doors – “L.A Woman” – 1971

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Bizarrices, Diversos, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s