7 covers que apagaram as originais

hendrixinho

Eu vou ma-tar a minha mãe …

Vai me dizer que você nunca passou por isso: gostar muito de uma música e se surpreender quando descobre que na verdade ela é um cover, que muitas vezes não tem nada a ver com a original. Sabe por que isso acontece? Muito simples, é que a regravação da música ficou infinitamente superior à original, e temos alguns bons exemplos abaixo:

Manic Street Preachers – Umbrella (Rihanna) – A versão original da cantora Rihanna gravada em 2007 ganhou ares mais pesados e intensos na interpretação dos Manics de 2008, que pode ser encontrada  no EP lançado pela banda no iTunes. Nela, acontece o típico caso de milagre musical, no qual se pega uma música ruinzinha e a transforma numa sonzerinha boa, que poderia ser facilmente confundida como sendo original dos caras.

 

Iron Maiden – Cross Eyed-Mary  (Jethro Tull) –  Do álbum Aqualung de 1971 da banda de progressivo Jethro Tull, Cross Eyed-Mary foi belissimamente regravada pelo Iron Maiden em 1983, fazendo parte do single The Trooper. A versão cover traz o peso do metal experiente através das guitarras da simpática dupla Dave Murray & Adrian Smith e do baixo do grande Steve Harris, sem esquecer da interpretação vigorosa do nanico Bruce Dickinson.

Rammstein – Das Modell  (Kraftwerk) – Gravada originalmente em 1978 pela banda alemã Kraftwerk, e presente no álbum The Man-Machine, Das Modell ganhou  versão pesadíssima e carregada nas mãos de seus conterrâneos, os caras do Rammstein. Till Lindemann e Cia regravaram a música em 1997, lançando apenas como single no mesmo ano. No cover há uma introdução em francês bastante curiosa que remete a um desfile de moda, com direito a queda da modelo na passarela e muito bafon! Risos.

Jimi Hendrix – Gloria  (Them) – Van Morrison compôs  e gravou Gloria com sua banda Them, em 1964 como parte do  B-side de Baby, Please Don´t Go. A versão de Hendrix aparece nas compilações de 1979, The Essential Jimi Hendrix Volume Two, e no Box Set The Jimi Hendrix Experience, de 2000. Pode-se dizer que não se trata de uma versão 100% cover, já que o guitarrista incluiu alguns versos de sua própria composição meio que de improviso, mas sem dúvida essa versão ficou bem superior a original, especialmente pela presença da guitarra inconfundível de Jimi.

Cream – Crossroads (Robert Johnson) – O lendário bluesman Robert Johnson compôs e gravou Cross Road Blues, (que mais tarde viria a se chamar somente Crossroads) em 1936. 32 anos depois (1968), o power trio Cream tornou a música um dos grandes clássicos do rock sessentista, com sua versão mais do que bem trabalhada na guitarra poderosa e ritmada de Eric Clapton, encontrada no álbum duplo Wheels of Fire. Muitos até hoje pensam que Crossroads é do Cream, tamanha personalidade própria a banda deu à regravação.

Ramones – I Don’t Wanna Grow Up (Tom Waits) – Um dos maiores hits do Ramones sem dúvida é I Don’t Wanna Grow Up, regravada no álbum de despedida dos caras, o ¡Adios Amigos!, de 1995. Na verdade a  versão original (e um tanto sem graça) é do cantor e compositor Tom Waits, presente no álbum Bone Machine, de 1992, e mais uma vez podemos acompanhar o caso do cover que ficou brilhantemente melhor, bem melhor, que o original.

Duran Duran – Perfect Day  (Lou Reed) – Não é que a canção de Lou Reed gravada em 1972 e que faz parte do álbum Transformer seja ruim, mas o cover feito pelo Duran Duran em 1995 do excelente álbum Thank You (que aliás traz apenas regravações), é excepcionalmente divino! Desde a exatidão do piano de Nicky Rhodes ao baixo delicado de John Taylor, passando pela interpretação única de Simon (moves like) Le Bon, fazendo desse cover uma das mais belas canções produzidas nos anos 90. Lindíssima!

*************************************************

E aí se surpreendeu com algum cover? Tem alguma sugestão?

*********************************************************

Postado  ao som do bootleg “The Doors – Live in Philadelphia. 1970” 

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Listas, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para 7 covers que apagaram as originais

  1. Òtimo texto =)

    Last Kiss entra nessa lista ?

    Curtir

  2. Oi Rose, boa tarde!
    Nossa, você entende pacas de rock e boa música viu?
    Eu não conhecia o cover da famosa “umbrella” e puxa, ficou muito melhor mesmo!!!
    Já Duran Duran arrasa geral! É linda demais!!!
    Como não sou muito entendida das minúcias do rock, nem sabia que era cover do Lou Reed… foi mal né? Sorry 😦 Ainda preciso estudar mais rock and roll ….hehehe

    Beijão e bom final de semana!!!

    Curtir

  3. addyholder disse:

    Ótimos posts, hein!

    Eu às vezes me pego gostando de uma musica que não é rock….mas quando vou ver, poderia ser rock, como fizeram no caso da musica da Rihanna….ou então era um rock que eu não sabia existir e transformaram em pop. Ou seja, percebo o rock nas duas situações.

    Outros covers que superaram (ao meu ver) seus originais:

    “Move over” de Janis Joplin virou pauleira com o Slade
    Born to be wild do Steppenwolf também ficou brutal com a versão ao vivo do Slade (essa banda era mestre em covers)
    “Lay Lady Lay do Bob Dylan ficou muito melhor com Duran Duran
    “Knocking on heavens door” também do Bob Dylan ficou melhor com Guns
    “2000 man” do Stones ficou bem melhor com o Kiss

    é tipo: “voces deviam ter feito assim” hahaha

    Abraços!

    Curtir

  4. Marcos disse:

    Olá, Rose, como vai? =)

    Gostei muito do seu blog,

    Muito bons os exemplos deste artigo. Indicaria também “With a Little Help from My Friends” dos Beatles na versão de Joe Cocker, “Turn the Page” do Bob Seger na versão badass do Metallica, além de “I Heard it Through the Grapevine”, gravada originalmente por Marvin Gaye, na versão do Creedence. Há as chupinhadas do Zeppelin que poderiam também contar… =P

    Abraços =)

    Curtir

  5. 1001 Covers disse:

    Muito boa sua seleção de covers!
    Puxa vida, faz um tempinho que temos ousado em escrever sobre covers e, para mim particularmente, foi uma grata surpresa saber que I dont wanna grow up que o Ramones sempre tocou é nada verdade um cover de Tom Waits.
    Parabéns pelo blog!

    Curtir

  6. Cosmo disse:

    Matéria muito boa mas com musicas nem tão conhecidas assim. Vejamos Hits mais famosos. Por exemplo: Gloria do Them (Van Morrison), é bem mais conhecida com o The Doors, Knockin ‘On Heaven’s Door do Bob Dylan que ficou bem mais conhecida com o Guns N’ Roses, With A Little Help From My Friends dos Beatles ficou conhecida na voz de Joe Cocker, musica bem modificada na parte instrumental, Tem Come on Feel the Noise do Slade que ficou bem mais conhecida com o Quiet Riot, e por aí vai… Matéria boa mas com Hits nem tão conhecidos como esses que citei.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s