Vandenberg’s Moonkings: a primeira grande sonzeira do ano

headphones-kids-music-Favim.com-406376

Sonzeira do início ao fim!

Quando fiquei sabendo que o grande guitarrista holandês Adrian Vandenberg (Whitesnake, Vandenberg, Manic Eden) estava prestes a lançar um novo álbum, me empolguei bastante. O cara é sem dúvida um dos grandes nomes da guitarra  e neste novo projeto que conta com músicos, que confesso, nunca ouvi falar antes, mas de talentos excepcionais, eles simplesmente quebram tudo! 

O que faz o autointitulado álbum do Vandenberg’s Moonkings ser um disco tão interessante é uma junção do talento dos músicos (a guitarra hipnotizante de Vandenberg, as belas viradas de Mart Nijen e a precisão de Sem Christoffel no baixo) a forte influência de Led Zeppelin, que pode ser conferida nas faixas Lust And Lies, Close to You e Leeches, e sem dúvida o vocal forte de Jan Hoving que lembra e muito Robert Plant com leve toques do saudoso Dio, mas que ainda assim mantém estilo próprio.

O disco merece ser ouvido de cabo a rabo, as já mencionadas faixas estão entre as melhores, mas a audição das vigorosas  Steal Away, Line of Fire e Nothing Touches que arregaçam, merece ser feita com  atenção deleitável.

moonkingsdebutcd

Outro grande destaque neste bem fadado álbum fica por conta da canção que fecha o trabalho com chave de ouro, Sailing Ships, nada mais, nada menos do que um cover do Whistesnake (da época em que o guitarrista estava na banda, inclusive é uma composição sua em parceria com Coverdale), presente no incrível Slip Of The Tongue, de 1989. E melhor do que um cover de Whitesnake é um cover de Whitesnake feito com a participação mais do que especial do lindáaaaão David Coverdale.  Vandenberg chegou a comentar em entrevista ao MyGlobalMind.com no mês passado, sobre a nova versão: “Quando disse que estava preparando um disco, David respondeu que seria uma honra participar. Não tivemos tempo de compor algo novo por causa de seus compromissos em turnê. Sempre quis fazer outra versão para esta música. Usamos violinos e a deixamos um pouco mais lenta.”  E o resultado surpreendeu positivamente, sendo uma das mais belas faixas do álbum.

Taí o primeiro registro fonográfico do ano que vale a pena ser conferido!

★★★★★

Vandenberg’s Moonkings (2014)

01. Lust And Lies

02. Close To You

03. Good Thing

04. Breathing

05. Steal Away

06. Line Of Fire

07. Out Of Reach

08. Feel It

09. Leave This Town

10. One Step Behind

11. Leeches

12. Nothing Touches

13. Sailing Ships

 

Adrian Vandenberg (guitarra)

Jan Hoving (vocais)

Sem Christoffel (baixo)

Mart Nijen Es (bateria)

 vandenbergmoonkings_638

 

Fotos: Favim/Google 

Postado ao som do álbum Airborne (1976), da banda Curved Air.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Álbuns, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s