Adrenalina, rock and roll e um pouco do que foi o programa Realce

Realce. Grande ícone dos anos 80.

Realce: grande ícone dos anos 80.

Quando os adolescentes Ricardo Bocão e Antônio Ricardo tiveram a ideia de criar um programa independente voltado ao público jovem no início dos anos 80, eles não imaginavam que seriam os responsáveis por um dos grandes ícones daquela geração. Batizado de Realce, o programa trazia de maneira simples a fórmula precisa para seduzir a juventude brasileira daquela época: esportes radicais (principalmente o surf e o skate) e boa música, numa linguagem direta, que falava de jovem para jovem.

Descendente direto da revista de mesmo nome que Bocão e Ricardo mantinham desde 1979, a atração semanal levou alguns “nãos” por parte de grandes executivos, até ser aprovada pela TV Record carioca, onde estreou numa tarde de sábado em 1983, trazendo em seu comando a então modelo Patrícia Barros e os “pais” da ideia.

O rock brazuca que emergia com rapidez foi um dos grandes destaques da revista eletrônica e grandes nomes da cena fizeram sua estreia televisiva por lá. Kid Abelha & Os Abóboras Selvagens, Titãs, Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho e Legião Urbana dividiam espaço com as principais novidades sobre campeonatos e videoclipes das bandas mais aclamadas da new wave.

A junção perfeita de esportes de ação com uma bela trilha sonora tornou rapidamente o Realce um grande sucesso e pouco tempo depois surgia o Vibração, programa criado pela mesma dupla, no mesmo formato e exibido diariamente. Em 1990, em meio à chegada da MTV em território nacional e tantos outros programas dedicados ao mesmo tema, tanto o Realce, como o Vibração chegaram ao fim. 

Os apresentadores em ação: Antônio Ricardo, Patrícia e Ricardo Bocão. Créditos: Woohoo.

Os apresentadores em ação: Antônio Ricardo, Patrícia e Ricardo Bocão. Créditos: Woohoo.

Atualmente os criadores das duas atrações estão à frente do canal a cabo Woohoo, que segue a mesma linha de seus bem sucedidos projetos anteriores. Nele você pode acompanhar uma série de mini documentários com trechos do Realce que a emissora passou a exibir em 2013 como parte das comemorações aos 30 anos do programa e matar a saudade de um dos símbolos da geração dos anos 80, ou (pra você que não é tão experiente assim) conhecer um pouco do que foi este grande projeto.

 

Postado ao som do álbum Let’s Dance (1983) – David Bowie.

Anúncios

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Música, TV e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Adrenalina, rock and roll e um pouco do que foi o programa Realce

  1. xavisxavier disse:

    É incrível como eles mudaram! O André Jung ainda tava na banda. Muito bom o Post Rose, já começou bem o ano. Espero que possamos fazer um post juntos um dia hein.

    Curtir

  2. Danilo Mariano disse:

    Cara, não conhecia o programa pois tenho 18 anos, mas desde sempre sou fã do Titãs e gostei muito dessa entrevista deles em sua formação original:Paulo Miklos/Sérgio Britto/Branco Mello/Tony Belloto/Nando Reis/Marcelo Fromer/Arnaldo Antunes/André Jung e Ciro Pessoa. Foi gratificante ver uma entrevista dessas e conhecer um programa tão incrível que faz falta nos dias de hoje, afinal eu sou Titânico desde os 9 anos e apreciador do Rock Nacional e Internacional desde então. Parabéns a vocês, gostei muito do site.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s