Metal: 10 capas ridículas do gênero

É de cortar os pulsos!

É de cortar os pulsos!

Pode ser um álbum de estúdio oficial, um bootleg ou apenas um single, não importa, se você lançou um trabalho e acredita nele precisa também pensar (com carinho) na arte da capa. Não adianta fazer qualquer coisa ou bancar o gostosão na foto. Não amigo, isso fica ridículo, ainda mais quando se trata de discos de metal em que geralmente há boas letras e melodias engenhosas. 

Trago dez exemplos de como trabalhos muito bons (ou nem tanto) perderam parte do respeito, tamanha ridicularidade de sua capa.

*** É importante ressaltar que falo apenas da arte da capa e não do conteúdo musical de cada álbum.

Enochian – Night Monumental Evil (1996 – Black Metal): Nossa como eles são diabólicos, nossa que medo! NÃO.

6c93a81ff85261a0188ef0db326e676f

 

 

Manowar – C H 8 4 (1984): A capa do bootleg gravado num show na Suíça poderia ter sido mais caprichada. Não olharia meu namorado com respeito se entre seus discos eu encontrasse isso.

Manowar - CH 84 - Front

******

Vanlade – Iron Age (2012 – Power Metal): A capa poderia até ser normal se ele não estivesse com a mão no saco.

a3996243295_10

***

Destruction – Sentence of Death (1984 – Ep, Trash Metal): Impossível vê-los como uma banda séria. Não com esta capa.

destruction-sentence-of-death-infernal-overkill

*****

Festerguts – Heritage Of Putrescent (2013 – Death Metal): Esse povo fingindo que tá comendo linguiça crua só despertou minha vergonha alheia.

Festerguts-Heritage_Of_Putrescent

****

Messendger – Back (1996 – Power Metal): Ao melhor estilo Manowar, so que a capa NÃO é dos anos 80.

Messendger

 

****

Obús – Dejarse La Piel Frontal (1986 – Heavy Metal espanhol): Foto sem camisa não é pra qualquer um, ainda mais em capa de disco. Credo em cruz!

Obus-Dejarse_La_Piel-Frontal

****

Black Sabbath – Sabotage (1975): Não tá fácil nem pros pais do heavy metal…

sabbath

 

****

Thor – Thunder on the Tundra (1984 – Single, Power Metal): É… NÃO.

THOR Thunder on the Tundra

 

****

Archagathus – Canadian Horse (2011 – Grindcore/Death Metal): Não encontrei palavras, me desculpem.

archagathus_1024x1024

****

Postado ao som do álbum “Sabotage” (1975) – Black Sabbath.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Capas de Disco e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s