Fused: a reunião poderosa de Tony Iommi e Glenn Hughes

Fused_ Iommi_cade_meu_whiskey

No final de 2004, Tony Iommi – verdadeira  e única – alma do Black Sabbath, começou a trabalhar em seu novo projeto solo, um álbum carregado de riffs marcantes, que inicialmente contaria com Jorn Lande (Jorn, Masterplan) à frente dos vocais. No entanto, ao saber que Glenn Hughes estaria “à disposição”, Iommi não pensou duas vezes em convidar o músico para sua nova empreitada. O resultado pode ser conferido em Fused, álbum com 10 faixas carregadaças de um som que apenas os mais habilidosos sabem fazer.

iommi_hughes_cade_meu-whiskeyVale lembrar (se é que dá pra esquecer), que essa não foi a primeira vez que a dupla trabalhou junta. Hughes e Iommi já dividiram a cena no polêmico (e amado) Seventh Star (1986), disco que inicialmente seria um projeto solo do guitarrista, mas que por pressão da gravadora se tornou o 12º trabalho do Sabbath. Além disso, não podemos esquecer de citar o bootleg “Eight Star”, que em 2004 foi lançado como o EP “The 1996 DEP Sessions” e que conta com 8 faixas gravadas pelo duo sem muitas pretensões.

Mas detalhes à parte, vamos falar no que interessa no presente momento, ou seja, vamos falar de Fused. Não vou tecer elogios exagerados como muito se viu nas resenhas à época do lançamento do álbum. É claro que se trata de dois dos músicos de maior importância dentro do Heavy Metal e seria mais do que natural que desta reunião resultasse um disco poderoso. E este é o melhor adjetivo que se enquadra neste projeto. Junto a Hughes e Iommi se uniram o batera Kenny Aronoff (Rolling Stones, Alice Cooper) e o produtor Bob Marlette, que também assumiu o baixo e os teclados.

O álbum abre os trabalhos com a vigorosa Dopamine que traz boas viradas na batera e riffs pessados, seguida de Wasted Again que arregaça mais uma vez na guitarra. Nessa hora você já começa a ter uma noção da qualidade e peso do disco, que se mostra harmonioso do início ao fim. As faixas Grace, What You´re Living For, e Face Your Fear merecem destaque não apenas pelo instrumental arregaçador, como pelos vocais limpos e acentuados de Glenn Hughes.

Os riffs e a batera sabbáthica da faixa The Spell, que de início (e apenas de início) nos dá a impressão de que se trata de um Black Sabbath das antigas e a porrada sublime de quase dez minutos I Go Insane, com um belíssimo solo daqueles  que são capazes de arrepiar os pelinhos do braço, finalizam belamente a bem sucedida empreitada.

Fica aqui a conclusão de que Fused é um registro de audição necessária à turminha que admira o trabalho destas duas lendas vivas da (boa) música e uma excelente oportunidade de abrir a mente dos tios chatonildos que acham que Tony Iommi só presta tocando com Ozzy Osbourne.

1 – “Dopamine”
2 – “Wasted Again”
3 – “Saviour Of The Real”
4 – “Resolution Song”
5 – “Grace”
6 – “Deep Inside A Shell”
7 – “What You’re Living For”
8 – “Face Your Fear”
9 – “The Spell”
10 – “I Go Insane”

Postado ao som do próprio Fused (2005), Tony Iommi & Glenn Hughes.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Álbuns, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Fused: a reunião poderosa de Tony Iommi e Glenn Hughes

  1. xavisxavier disse:

    Muito bom! Por coincidência, estou terminando também um post sobre Tony Iommi sobre suas guitarras. Estarei falando também de indicação de shows, documentários e livros. Além de um vídeo ensinando algumas características da guitarra de Tony, você vai gostar. Um abraço.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s