Abbey Road: a história por trás da capa

img-1025160-galeria-capa-abbey-road-cara

O ano era 1969 e a banda britânica The Beatles lançava seu 12º trabalho – Abbey Road – álbum com sonoridade pouco mais pesada, ótimas composições e belos arranjos, ou seja, um dos melhores registros do grupo. E para acompanhar este excelente trampo musical, nada mais apropriado do que uma icônica capa, simples e ao mesmo tempo poética, bem condizente com o teor abordado no disco. Talvez muitos (e você também!) não tenham reparado nos detalhes desta lendária imagem, que traz entre outras coisas, a figura de um homem mais ao fundo do cenário.

Paul Cole era o nome dele, que mal sabia que a partir daquela manhã de 8 de agosto de 1969, em pleno verão londrino, teria sua imagem imortalizada na capa de um dos mais importantes álbuns do século XX.

cole_paul_5264465_ver1.0_640_480

Feito pelo fotógrafo Iain Macmillan em apenas dez minutos, o registro mostra o quarteto atravessando a famosa “Abbey Road” e já ganhou diversas versões ao longo dos anos. Cole, que estava de férias com sua esposa, a aguardava ao lado de fora de um museu quando se deparou com uma viatura da polícia. “Eu gosto de puxar papo”, contou em entrevista ao jornal gringo Scripps Treasure Coast,  em 2004. “Vi um policial sentado em sua viatura e comecei a conversar com ele. Eu estava fazendo algumas perguntas sobre Londres, só matando o tempo. De repente levantei os olhos e vi aqueles quatro caras atravessando a rua, como uma fila de patos”, recordou. “Um bando de malucos,  arruaceiros, eu os chamei assim, porque todos tinham cabelos compridos e um deles estava descalço – e você sabe, não se anda descalço em Londres”.

O que Cole não percebeu é que se tratava dos integrantes dos Beatles posando para a capa de seu mais recente álbum e que a partir  daquele momento ele também se eternizaria de alguma forma em Abbey Road.

Pouco mais de um ano após o ocorrido, Cole se deparou com o disco em sua própria casa. Por uma dessas ironias da vida, sua esposa estava aprendendo a tocar no órgão a canção “Something”, composição de George Harrison presente no álbum. Ao ver a imagem da capa se surpreendeu. “Eu estava com um casaco e um par de óculos novos, tive que convencer meus filhos de que era mesmo eu na foto. Eu disse para eles, ‘Peguem a lupa, crianças, e vocês verão que sou eu.'”

O vendedor aposentado faleceu em fevereiro de 2008, aos 96 anos, na cidade americana de Pensacola, Flórida.

A casualidade fez de Paul Cole um famoso figurante de Abbey Road e eternizou sua imagem numa das capas mais lendárias da história do rock.

Paul Cole Abbey Road

Fotos: Pinterest.

Postado ao som dele, o próprio “Abbey Road” (1969) – The Beatles.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Capas de Disco e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s