11 fatos curiosos que nos fazem amar a Eurodance dos anos 90

11 fatos curiosos que nos fazem amar a eurodance dos anos 90

Quem foi adolescente nos anos 90 conhece bem esta vertente da música eletrônica, afinal foi nesta década que o estilo – mais precisamente a Eurodance – estourou mundialmente e virou verdadeira febre entre os jovens da época. Eu particularmente dancei muito ao som “poperô” e aposto dólares como você conhece ou já se pegou cantando (ou dançando) alguma música putz-putz!

Por conta disso listei 11 curiosidades que fazem uma galera (incluindo a minha pessoa) continuar amando esse gênero mesmo depois de tantos anos. Dá um confere:

#1. Também conhecida como Hands Up, a Eurodance ganhou esse nome por apresentar um gênero de música eletrônica produzida em sua maioria na Europa.

#2. Apesar de 98% das músicas serem interpretadas em inglês, grande parte dos cantores eram de origem italiana, espanhola e até mesmo brasileira! Quem não se lembra da Corona? (vulgo Olga Maria de Souza)…

11 fatos curiosos que nos fazem amar a eurodance dos anos 90 4

#3. Mesmo assim muita música cantada em espanhol fez sucesso também…

#4. Nove entre dez eurodances eram versões eletrônicas de grandes hits do passado. De Bee Gees à Scorpions, os maiores clássicos sempre ganhavam uma regravação mais energética. Se liga:

Versão original:

 

Versão Eurodance

#5. Nem sempre os intérpretes que você via nos videoclipes eram os verdadeiros cantores. Muitos modelos eram contratados para dublar, com a desculpa de que os vocalistas deveriam ser bonitos…

#6. Pelo motivo listado acima, muitos cantores tinham a voz bem parecida (na verdade eram as mesmas pessoas que acabavam gravando diversas canções em projetos diferentes).

#7. Mesmo assim alguns músicos que cantavam de verdade conseguiram seu espaço e ficaram bem conhecidos por aqui, como as bandas Double You, Ace of Base, Haddaway e por aí vai…

11 fatos curiosos que nos fazem amar a eurodance dos anos 90 6

#8. Quando não se tratavam de regravações, as letras de grande parte das eurodances eram bem simples e bobinhas, com exceção das composições do grupo E-Rotic, que como o nome sugere, só falavam sobre saliências…

 

#9. Falando nisso, um dos maiores estouros dos anos 90 ficou por conta do hit Short Dick Man da cantora Gillette, que também cantava eurodance no estilo do E-Rotic. Daí você já tem uma base do restante do conteúdo das letras né?

11 fatos curiosos que nos fazem amar a eurodance dos anos 90 3

#10. Agora imagine uma cambada de pirralhos de 12, 13 anos cantando essas músicas sem  ter ideia do que elas queriam dizer… pois é, aconteceu muito, risos.

#11. Dançar qualquer eurodance era uma festa. Cada música tinha seus passinhos que a galera fazia simultaneamente. Se hoje você for à alguma balada anos 80 e 90 vai encontrar a tiazada toda fazendo os mesmo passos, como há 20 anos…

11 fatos curiosos que nos fazem amar a eurodance dos anos 90 1

 

Postado ao som do álbum “The Blue Album” (1994) – Double You.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Listas, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s