Mash-up cultural: lendárias capas de discos misturadas à pinturas clássicas

low

Lendárias capas de discos ocupando o mesmo cenário das mais tradicionais  obras da pintura clássica, misturando e tornando-se uma só imagem. Parece estranho, até mesmo impensável, mas para o ilustrador filipino Eisen Bernard Bernardo perfeitamente possível, tanto que o artista criou o projeto Album+Art, uma série de trabalhos em que essa ideia se mostra bastante genial e inovadora. “Eu usei essas capas de discos porque são simples e diretas. Os princípios da fotografia são os mesmos que os da pintura clássica. Retratos feitos com câmeras adotaram o mesmo conjunto de regras e técnicas usadas na pintura”, declarou o artista ao site Design Boom.

O resultado você confere a seguir:

abbey bowie cash michael morris myway queen wall whats

Bernardo também criou o projeto Mag+Art, misturando às obras, famosas capas de revistas. Você pode conferir todo o trabalho do artista em seu tumblr e instagram.

Postado ao som do álbum “Pulse” (1995) – Pink Floyd.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Capas de Disco e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s