Vivendo entre os mortos: o cemitério que virou cidade

Vivendo entre os mortos o cemitério que virou cidade

Vivendo há mais de 20 anos um contínuo crescimento demográfico e econômico, Manila – capital da República das Fillipinas – é a segunda cidade mais populosa do país, com 1,6 milhões de habitantes.

O aumento assustador da população se deve ao fim do período de regime militar que resultou na migração de agricultores e camponeses para a cidade, em busca de melhores condições de vida.

O excesso populacional e a total falta de controle do governo gerou o surgimento de inúmeras favelas pela cidade, mas nenhuma delas é tão bizarra como a comunidade de Navotas.

Composta por cerca de 6 mil habitantes (em sua grande maioria crianças), a favela – que se tornou praticamente uma cidade – seria apenas só mais uma na populosa Manila, se não fosse por um detalhe no mínimo mórbido: está localizada dentro do Cemitério Municipal de Navotas.

Navotas_1

A morte convive diariamente com os habitantes de Navotas. Suas casas – erguidas em cima de caixas de concreto que guardam restos mortais – abrigam famílias; mães e pais trabalhadores e crianças inocentes, que não têm a noção exata da intensidade escatológica de sua realidade e brincam em meio à ossos desenterrados e incinerados.

Maldred, coveiro do Navotas e morador do cemitério-favela há 20 anos, contou ao Vice Japan sobre como é trabalhar e morar em Navotas.“Às vezes, os espíritos dos corpos que desenterro me visitam […] Às vezes vejo a cabeça deles me encarando enquanto durmo. Aqui se você rezar enquanto trabalha, passa mal.”

navotas kid Navotas_2 Navotas_3 Navotas_4 Navotas_5 Navotas_6 Navotas_10 Navotas_13 Navotas_15 Navotas_16 Navotas_18 Screen-Shot-2011-12-27-at-1.17.03-PM

Você pode conferir o documentário do Vice abaixo:

 

Fotos: Pinterest, Mio Cade, Daily Mail, Reuters,AFP, Getty Images e AP.

 

Postado ao som do álbum “Adios Amigos” (1995) – Ramones

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Bizarrices, Fotografia e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s