Live Aid: o dia em que a música mudou o mundo

Live Aid o dia em que a música mudou o mundoNo ano passado um dos mais lendários concertos realizados na história da música – que só perdeu para o Woodstock, em minha modesta opinião – completou 3 décadas. Mais de 60 atrações passaram pelo Live Aid, em  julho de 1985.

Organizado pelos músicos Bob Geldof e Midge Ure, o evento reuniu os maiores ícones do rock, metal, pop, new wave e afins, que se dividiram em 2 palcos com 16 horas de música da melhor qualidade, tendo como intuito arrecadar recursos para acabar com a fome que assolava a Etiópia.

Live Aid (Wembley, Londres).

Enquanto o estádio de Wembley (Londres) recebia em seu palco Queen, U2, David Bowie entre outros para um público de mais de 72 mil nascidos com o fiofó virado pra Lua, o estádio John F. Kennedy (Filadélfia) tremia com as performances do Black Sabbath, Mick Jagger, Phil Collins e mais uma porrada de bons músicos. Aliás, só pra constar, o tio Phill Collins teve a audácia de participar dos dois shows. À tarde tocou em Wembley, pegou um concorde e às 20 horas estava na Filadélfia se apresentando.

Live Aid  o dia em que a música mudou o mundo phillADELPHIA

Phill em Londres e depois na Filadélfia.

Mesmo com o “suposto” boicote de Steve Wonder e Michael Jackson (que se disseram desapontados com o baixo número de artistas negros que estariam no evento), os shows – que foram transmitidos para mais de 110 países e assistidos por mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do planeta – foram um sucesso.

Live Aid  o dia em que a música mudou o mundo sabbath

Black Sabbath

Live Aid o dia em que a música mudou o mundo u2

U2

Performances impecáveis, momentos épicos e saudosas apresentações que fazem surgir em nossas pobres e recalcadas mentes aquela perguntinha masoquista: “Onde diabos eu estava que perdi esse evento?” Nascido ou não, criança ou não, no Brasil ou na China, isso não importa, o importante é que eu não estava lá. E nem você. Paciência né?

Live Aid o dia em que a música mudou o mundo queen

Queen

Para nós, pobres mortais, resta apenas sintonizar no canal do Live Aid 1985 no youtube e curtir todas as incríveis performances deste 13 de julho de 1985 histórico, que ficou marcado pra sempre como o Dia Mundial do Rock.

 

Fotos: Pinterest.

 

Postado ao som do álbum  “I Still Do” (2016) – Eric Clapton.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Música, Shows e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s