Resenhas: The Mission, Glenn Hughes e Roses

resenhas-mission-glenn-hughes-e-roses2016 vai muito bem, obrigada, em termos musicais e estes últimos meses trouxeram boas surpresas. Destaco em especial três disquinhos que andam fazendo a minha alegria e apesar de bem distintos, trazem qualidade indiscutível! Do gótico e soturno The Mission e seu inabalável “Another Fall From Grace”, passando pelo pesado e forte “Resonate” da incomparável lenda Glenn Hughes e chegando no delicinha “The Camera Trouble” dos americanos do Roses, tem para todos os gostos. Dá um confere básico nas resenhas, escolha o seu preferido e aperte o play!

the-mission-another-fall-from-graceThe Mission – Another Fall From Grace: Soturno, lúgubre, obscuro. Assim é “Another Fall From Grace”, o novo álbum de uma das bandas mais icônicas do gothic rock, The Mission.

O 11º  trabalho dos ingleses traz 12 faixas repletas do que a banda sabe fazer de melhor: um bom rock and roll funesto com direito a guitarras “vampíricas” e o vocal singular e profundo de Wayne Hussey. O músico inclusive declarou que Another Fall From Grace nada mais é do que um elo perdido entre “First And Last And Always”, do Sisters Of Mercy e “God’s Own Medicine”, do próprio Mission. Vale lembrar que ele é autoridade pra falar, já que esteve por trás dos dois discos.

Entre os destaques deste belíssimo álbum estão as faixas Another Fall From Grace, Met-Amor-Phosis (a melhor de todas e que canta que há uma nova estrela negra no céu, em alusão à David Bowie), Within The Deepest Darkness (Fearful), Tyranny Of Secrets e Only You & You Alone.

Another Fall From Grace é The Mission em sua mais pura essência. E eu adoro isso!

★★★★

 

resonate_cover_hiresGlenn Hughes – Resonate: Amigos, agora vou falar sobre um dos melhores álbuns de 2016 e não estou exagerando. Basta uma audição prévia de “Resonate” – novo trabalho do mestre Glenn Hughes – para que se constate o que é rock and roll de verdade, feito com vontade, inspiração, experiência e acima de tudo, muita técnica. Não é pra qualquer um.

Cheio de personalidade e pegada consistente, além do excelente trabalho vocal de Hughes – uma das mais belas vozes da vertente, diga-se de passagem – Resonate traz instrumental pesado e um tecladinho maroto que em muitos momentos remete ao Deep Purple velho de guerra, além de uma deliciosa batida levemente funkeada, marca registrada do músico.

Dentre as 11 faixas do disco, destaco as potentes Heavy, Flow, Steady, God of Money, a deliciosa Landmines (viajei aqui e imaginei a maravilha que seria Richie Kotzen participando dessa música <3) e a magnífica Long Time Come.

Sobre Resonate eu só tenho algo a dizer: ouça, ouça e ouça!!!

★★★★★

 

3f77cd76efbb5f118d1f1ae6a8a827f5Roses – The Camera Trouble: O Roses é uma banda bem nova, foi formada em 2013, em L.A, e traz claras influências da new wave do final dos anos 70 e começo dos 80.  “The Camera Trouble” é o álbum debut dos caras, que chega com um som mais alternativo; uma mistura bem divertida do indie pop com sintetizadores e une toda aquela atmosfera vintage de 30 anos atrás ao frescor da atualidade.

O vocal de Marc Steinberg – que também fica a frente do teclado – tem seus momentos que (segundo opinião humilde desta que vos escreve) variam de Morrissey a Bernard Sumner (New Order), porém sem perder a personalidade.

Das 10 faixas, as mais delicinhas deste álbum são Dreamlover, The Visitor, Nude Beach, Accesory e Camera Trouble.

Segundo Steinberg, que também está por tras das composições do disco, The Camera Trouble é “definitivamente estranho.” Estranho ou não, o Roses já ganhou meu coração!

★★★★

 

*******

Postado ao som de “Another Fall From Grace” (2016) – The Mission.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Álbuns, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s