Chelsea: histórias e lendas do hotel favorito do Rock N´Roll

Sabe aquele lugar em que tudo (ou grande parte) de mais lendário, ou no mínimo importante no mundo das artes – e claro, do rock n´roll – aconteceu? Então, esse lugar existe e se chama Chelsea Hotel.

Se as paredes do Chelsea falassem, certamente contariam muito mais do que as histórias que circulam por aí e que convenhamos, não são poucas. O prédio, uma estrutura gótica vitoriana de doze andares construída entre os anos de 1833 a 1835 no bairro nova-iorquino de Chelsea, na região de Manhattan, foi oficialmente inaugurado em 1884. Encarou uma falência no finalzinho da década de 1930 e passou pelas mãos de diferentes proprietários. Hoje é cenário presente em grande parte das narrativas mais “movimentadas” ocorridas nos últimos 133 anos, em nos anos 60 e 70.

Pra você ter uma ideia…

Dylan Thomas.

O escritor britânico Arthur C. Clarke escreveu 2001: A Space Odyssey lá.

O poeta galês Dylan Thomas teve um porre e sofreu um forte colapso lá. Ele veio a falecer no hospital dias depois.

O escritor americano Charles R. Jackson se suicidou lá.

Stanley Kubrick, Ethan Hawke, Uma Thurman, Jane Fonda, Dennis Hopper e mais uma porrada de diretores a atores moraram lá.

Nancy Spungen (namorada de Sid Vicious, baixista do Sex Pistols) foi encontrada morta lá. (Vale lembrar que Sid foi o principal suspeito, mas acabou morrendo antes de ser julgado).

Momento em que o corpo de Nancy Spungen é retirado do hotel.

 

Iggy Pop, Jeff Beck, Alice Cooper, Janis Joplin, Bob Dylan, Patti Smith, Sid Vicious e Nancy Spungen (como já citado), entre muitos outros músicos, também moraram lá.

As músicas Midnight In Chelsea (Jon Bon Jovi), Third Week in the Chelsea (Jefferson Airplane), We Will Fall (The Stooges), Edie (Ciao Baby) e Heart of Soul (The Cult), Like a Drug I Never Did Before (Joey Ramone), Chelsea (Counting Crows), Chelsea Hotel #2 (Leonard Cohen, falo sobre ela rapidamente aqui) entre outras, fazem menção ao hotel ou tiveram seus videoclipes filmados lá.

 

Dee Dee Ramone, ex-baixista do Ramones, lançou em 2001 – um ano antes de sua morte – o livro ‘Chelsea Horror Hotel’, baseado em suas experiências como morador do local, mas claro, com muitas doses de exagero. Nele, o músico relatou sensações estranhas sentidas em seu quarto – que ele acreditava ter sido o cenário do assassinato de Nancy Spungen – além de um relato sobre a “presença de demônios” flutuando sobre seu corpo após uma overdose.

Isso sem contar os inúmeros babados que rolaram por lá, como quando a atriz Edie Sedgwick, musa de Andy Warhol e da canção Edie do The Cult – e que muitos dizem, alimentou um caso com Bob Dylan quando ambos moravam por lá – resolveu dormir com as velas acessas, contrariando os conselhos de Leonard Cohen, que havia lhe dito que aquilo não seria uma boa ideia. E não foi mesmo! Ela acabou provocando um incêndio em seu quarto. #MomentoTVFama #OkOk

E como todo o hotel antigo que se preze, há inúmeros relatos de aparições dos fantasmas de antigos hóspedes – famosos ou não – que viveram e morreram por lá…

Com tantas histórias e lendas sobre mortes e grandes festas regadas a muita droga, cultura vanguardista de primeira rolando solto e um bom rock and roll como trilha sonora, seria inevitável que o Chelsea Hotel não acabasse virando um ponto turístico.

Edie Sedgwick (ciao baby ♫♫)

Patti Smith e Eric Andersen.

Jon Bon Jovi não morou no Chelsea, mas gravou uma música (e um videoclipe) citando o hotel.

Hoje em dia ele já não aceita moradores. Sua nova política adotada em 2011, quando mais uma vez mudou de proprietário, proíbe a permanência de seus hóspedes por mais de 24 dias.

Músico toca sua guitarra na entrada do Chelsea, sua casa por 20 anos, até ser expulso em 2014.

****

Fotos: Pinterest, Daily Mail, Telegraph, The Guardian, Rita Barros, Linda Troeller.

****

Postado ao som do álbum “Pollinator” (2017), Blondie.

Anúncios

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Diversos, Fotografia, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s