Aokigahara: a sombria floresta dos suicidas em 18 fotos obscuras

Localizada no Japão, próxima ao belo monte Fuji  e a 100 km da capital Tóquio, a floresta de Aokigahara guarda os mais sombrios segredos de todos aqueles que não conseguiram suportar suas vidas.

Composto por milhares de árvores – não a toa é conhecido como Sea of Trees (mar de árvores), o bosque apresenta solo formado por rochas vulcânicas, resultado de uma grande erupção ocorrida no ano de 864.

Quem visita Aokigahara relata que a floresta tem um silêncio assustador, o que causa estranheza por se tratar de um local cercado pela natureza, mas facilmente explicado pelo efeito da alta densidade de suas árvores, que bloqueiam a passagem do vento e dificultam qualquer forma de vida selvagem na região.

Talvez por conta dessa calmaria obscura Aokigahara seja o destino escolhido por centenas de pessoas para tirar suas vidas. A floresta é o segundo lugar do planeta onde mais se comete suicídio (ao menos 500 corpos já foram encontrados), só perdendo para ponte Golden Gate, em São Francisco, EUA.


Apesar de o bosque contar com uma região aberta ao público, o que mais chama a atenção é a área de acesso proibido, lugar onde uma pessoa pode facilmente se perder e o destino escolhido pelos suicidas.

Nem mesmo as placas de proibição inibem as pessoas decididas a adentrar o mar de árvores de Aokigahara. Uma grande mensagem na entrada da perigosa trilha tenta alertar os mais desesperados:

Sua vida é um presente precioso que você ganhou dos seus pais. Por favor, pare um momento para pensar sobre seus pais, irmãos ou filhos. Não guarde nada pra você mesmo. Por favor, fale e compartilhe os seus problemas.

A trilha proibida leva a uma imensidão de árvores, numa mata que parece não ter fim. Quanto mais se adentra a floresta, maiores são as chances de se deparar com marcas deixadas pelos que já passaram por ali. Objetos pessoais que vão de carteiras e espelhos a bikes e barracas de camping são facilmente encontrados numa simples caminhada.

Vestígios daqueles que adentraram a floresta para viver seus últimos dias.

Muitos que ainda estão em dúvida sobre cometer  suicídio usam fitas coloridas amarradas às árvores para demarcar o caminho caso se arrependam e tentem voltar; outros usam essas fitas porque querem que seus corpos sejam encontrados pelos guardas florestais. Estes adentram a mata todos os dias em busca de suicidas em potencial, para tentar convencê-los a voltar. Muitas vezes chegam tarde demais e a eles só resta recolher o corpo. Isso significa que se você seguir uma fita é certo que encontrará algo no final.


Não siga as fitas.

São muitas a lendas acerca da floresta suicida. Uma delas conta que o Monte Fuji era tido como uma “porta de entrada para o céu”. Fuji, a deusa do fogo, desceu a terra e cavou canais profundos de força sobrenatural na encosta da montanha, incluindo áreas da floresta. Acredita-se que essas forças atuam como um imã e impedem a saída de qualquer um que entre naquela mata. Além disso, tengu, um demônio mítico que assume a forma de um pássaro, se esconde na floresta, junto com os yurei, as almas das pessoas que morreram por ali.

Muitos acreditam que a primeira pessoa a morrer em Aokigahara tenha sido um monge budista. Talvez ele tenha morrido de fome, embora ninguém tenha certeza se o fez de propósito ou simplesmente se perdeu e não conseguiu sair.

Vale lembrar que no Japão o suicídio é visto por muitos como um ato de honra, sem qualquer punição de caráter religioso, muito diferente de como o enxergamos aqui, por exemplo. Talvez isso explique o fato de tantos casos ocorrerem por lá, especialmente em Aokigahara.

São inúmeros os vídeos que você pode encontrar fazendo uma rápida busca no Youtube. Separei o mais interessante feito pelo Vice e legendado pelo canal História Real. Dá um confere!

 

Imagens: Itibritto.com, Guilhem Vellut, Speakzeasy, Mind a Muse, Getty Images, Pinterest.

******

Postado ao som do álbum “Songs of Experience” (2017), U2.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Jornalista por formação, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Bizarrices, Fotografia e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Aokigahara: a sombria floresta dos suicidas em 18 fotos obscuras

  1. Olá tudo bem? Meu nome é Vitor Guariento, falo como dono do Guariento Portal, uma espécie de site que fala sobre curiosidades ele geral. Falo de jogos, de filmes, análises, viagens, culinária. Enfim, tudo que dá na telha. E uma das coisas que ligou o seu site ao meu foi exatamente esse post sobre a Floresta de Aokigahara, a floresta dos suicidas do Japão. Su puder dar uma passada lá eu agradeceria de montão. https://guarientoportal.com/2020/02/24/aokigahara-floresta-japao/.
    Valeu desde já!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s