6 momentos em que o rock e o carnaval se encontraram

Carnaval chegando e por mais diferentes que os estilos rock e samba sejam eles já se encontraram muitas vezes através de seus representantes e os seis momentos listados abaixo provam isso. Dá um confete, digo, um confere!

Janis Joplin curtindo um carnaval no Rio: Em fevereiro de 1970 a cantora norte-americana escolheu o Rio de Janeiro como destino com o proposito de se desintoxicar das drogas – o que acabou não dando muito certo – e aterrissou em terras brasileiras em pleno carnaval. Janis fez de tudo em poucos dias: assistiu aos desfiles das escolas de samba, foi barrada num camarote do Theatro Municipal, fez topless na Praia da Macumba em plena ditadura, cantou para prostitutas e marinheiros em inferninhos da Zona Sul, foi expulsa do Copacabana Palace por nadar nua na piscina do hotel e bebeu. Bebeu todas. Oito meses depois Janis viria a falecer vitima de uma overdose de heroína e álcool.

 

Iron Maiden numa escola de samba: Calma, os caras não vieram – e nem vão vir – desfilar numa escola de samba, mas sim, eles já foram lembrados por uma e foi em 2013. Cantando o tema “Eu vou de Mocidade com samba e Rock in Rio – Por um mundo melhor”, a escola Mocidade Independente de Padre Miguel homenageou o festival que costuma ter entre suas várias atrações a banda britânica – além de muitas outras lembradas no desfile, claro – mas vale destacar o Eddie – mascote do Maiden – muito bem feito, por sinal, num dos carros alegóricos. Surreal, não?

 

O dia em que um ex- beatle tocou com a bateria de uma escola de samba: Em visita à comunidade Morro do Alagoano, em Vitória, no Espírito Santo em 2011, onde esteve com a turnê de sua banda Clube Big Beatles, o primeiro baterista do quarteto de Liverpool, Pete Best, tocou com a bateria da escola de samba local Novo Império. “Foi muito especial participar desse encontro, eu nunca tinha visto uma escola de samba de perto. E ainda tive a oportunidade de tocar com eles”, contou em entrevista à Agência Efe. Vale lembrar que Pete fez parte dos Beatles de 1959 a 1962, sendo posteriormente substituído por Ringo Starr.

 

Jimmy Page visitando quadras de escolas de samba: Em junho de 2010 Jimmy Page esteve no Rio de Janeiro exclusivamente para visitar algumas escolas de samba e registrar, em vídeo, o desempenho dos ritmistas. O objetivo do músico era estudar como incluir o ritmo brasileiro em seus trabalhos. O eterno guitarrista do Led Zeppelin esteve nas quadras das escolas Beija-Flor e Mangueira.

Outro que também andou dando as caras na quadra da Mangueira foi o guitarrista dos Stones, Ron Wood. O músico apareceu na escola em 2011, mas seu único intuito era cair no samba, com direito à camisa da escola e tudo.

 

Arcade Fire tocando com bateria de escola de samba: O show que a banda canadense fez em 2017 na capital paulista contou com a presença de alguns membros da bateria da escola de samba Acadêmicos do Tatuapé. Os ritmistas participaram das músicas “Here Comes the Night Time”, “Haiti” e “Wake up”, essa última fechando o show com fortes aplausos do publico.

 

Imagens: Alexandre Silva, Cris Patricio, G1, Revista Quem e Pinterest.

 

Postado ao som do álbum “Keep The Faith” (1992), Bon Jovi.

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Listas, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s