Na batida do sintetizador : 5 bandas New Wave dos 80´s

barbie-and-the-rockers-the-80s-8203728-367-557

Os divos da New Wave…

Sem dúvida a vertente mais alegre e animada do Rock N´Roll é a New Wave. Surgido no final da década de 70, o movimento é digamos assim, um primo mais feliz do punk rock, mantendo a mesma energia  e irreverência dele, mas de uma forma mais harmoniosa. Os fãs do gênero costumavam frequentar o CBGB, um clube de música nova-iorquino onde se apresentavam bandas de punk como Dead Kennedys e Ramones e também claro, Talking Heads, B-52´s, Blondie entre outras do New Wave, talvez daí essa relação. Dentro do gênero há ainda as “subvertentes”  como o  New Romantic, o Synthpop  e o Darkwave (esse representado por bandas mais “darks” como o The Cure, por exemplo).

Um dos grandes destaques das bandas de New Wave dos anos 80 (época em que o gênero estourou de vez) eram os figurinos . Totalmente “fashion” os grupos usavam e abusavam de maquiagem forte, ombreiras e cores cítricas vibrantes.

Muitas bandas da atualidade como Franz Ferdinand, The Killers e Bloc Party foram influenciadas pela  New Wave, prova disso é a musicalidade dos grupos. Viagem minha ou não, costumo dizer que  o indie é o New Wave dos 2000´s.

Na listinha da semana separei  5  bandas que representam com qualidade essa vertente sendo ao mesmo tempo parecidas e diferentes.

Human League – A banda britânica se formou em 1977 e contava originalmente com Philip Oakey nos vocais (o único que segue desde o início), Martyn Ware e Ian Craig Marsh (ambos no teclado).  Em 1980 as cantoras Joanne Catherall e Susan Ann Sulley se juntaram ao Human League  dando um toque significativo ao grupo que com o passar dos anos recebeu diversos músicos.

A banda é uma das principais do segmento New Wave e coleciona diversos hits como Dont You Want Me, Human  e (Keep Feeling) Fascination. O visual dos caras também é um show à parte! Atualmente o Human League segue fazendo shows pela  Europa e sendo sucesso de crítica em decorrência do sucesso da “XXXV Tour”, turnê que celebrou os 35 anos do grupo.

Thompson Twins – Formado em 1977 o também britânico Thompson Twins infelizmente se dissolveu no início dos anos 90. A banda era formada originalmente por Tom Bailey no baixo e vocais, Pete Dodd na guitarra e vocais, John Roog na guitarra, e Jon Podgorski  seguia na batera.  Assim como o Human League no início dos anos 80 a banda ganhou novos integrantes: a cantora e percussionista Alannah Currie  e o multinstrumentista  Joe Leeway  e assim o trio formou o que viria a ser a formação clássica do grupo.

Entre as principais faixas da banda destaco  When I see You , Doctor! Doctor! e Hold Me Now, que inclusive tocava muito por aqui, (eu era bem pequena mas me lembro). No visual, sobreposições de peças coloridas contrastando com jaquetas de couro e muitos adereços. Um lusho!

 Culture Club – Representantes do New Romantic dentro da New Wave, o Culture Club foi formado em 1982 no Reino Unido e trazia originalmente Boy George nos vocais, Roy Hay na guitarra e teclados, Mikey Craig no baixo e Jon Moss na batera.

A figura andrógena e carismática de Boy George transformou a banda em um dos grandes ícones da época e músicas como Karma Chameleon , It’s A Miracle e Do You Really Want to Hurt Me? eram presenças constantes nas rádios.

A banda chegou ao final em 1986 devido a tretas entre os integrantes e o uso abusivo que George fazia das drogas. Vale lembrar que no mesmo ano o tecladista Michael Rudetski morreu em decorrência de uma overdose de heroína.

Icehouse – Quem acompanha este blog mimoso sabe que já falei do Icehouse aqui e também sabe que esta foi uma das grandes bandas que descobri mais a fundo ano passado. O grupo australiano nasceu em 1977 e contava em sua formação original com Iva Davies nos vocais e guitarra, Keith Welsh no baixo e Don Brown na batera. Um ano depois Michael Hoste assumiu os teclados e dali pra frente vários músicos passaram pela banda.

Os caras fazem puro New Wave e o som deles nada mais é do que uma mistura de diversas bandas da época, indo de Devo à INXS. Destaco  Can´t Help Myself, Electric Blue e claro a conhecidíssima No Promisses.O figurino é um “brega-chique” e nos cabelos, muito mullets pra seduzir!

Iva Davies e Cia continuam tocando e estão com sua “Primitive Colours tour”, celebrando  o aniversário de seus dois álbuns de maior sucesso: Primitive Man  e  Man of Colours.

Spandau Ballet – Influenciados pelo synthpop os  ingleses  do Spandau Ballet formaram sua banda em 1979 com os irmãos Gary Kemp na guitarra e Martin Kemp no baixo, o batera John Keeble,  Tony Hadley nos vocais e Steve Norman no sax.

Inicialmente o som dos caras era mais voltado ao New Romantic, mas quando lançaram seu álbum de maior sucesso – True, de 1983 – eles  já estavam numa onda mais pop. Provavelmente você conhece True e se engana pensando que somente esta música estourou, a banda tem muitos hits legais como Gold e Only When You Leave.

O estilo do figurino é bem parecido com o do Icehouse, nada extravagante, porém levemente brega, como os anos 80 pediam pra ser.

Os caras andaram tocando pela Europa há três anos, mas a banda nunca mais foi a mesma depois da saída dos irmãos Kemp.

Postado ao som do Icehouse com o álbum White Heat: 30 Hits (2011)

Anúncios

Sobre rosegomes

Rose,Tia Rose, Desert Rose ou só Desert, como quiser. Estudante de jornalismo, amante de boa música e boa bebida. Traz no currículo a pretensão de ser um Fábio Massari de saias. Contato: cademeuwhiskey@gmail.com
Esse post foi publicado em Listas, Música e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Na batida do sintetizador : 5 bandas New Wave dos 80´s

  1. Hellê disse:

    Minha mãe era viciada em culture club, cresci ouvindo, bons tempos, em que boa parte das músicas eram boas =)

    Curtir

  2. Albanir disse:

    Belo post Rose ! Legal você comentar no Spandau Ballet.

    Curtir

  3. Foofo Pires disse:

    E pensar que boa parte disso virou Dence depois Tecno Dance mas Original Sin do INXS ainda é da boa

    Curtir

  4. Edson disse:

    Faltou a banda que deveria (na minha opinião é claro!) estar em primeiro lugar: New Order.
    Após a morte do Ian Curtis, o “resto” da banda resolveu deixar o Pós-Punk do Joy Division e criaram assim a New Order. Dentre os hits mais conhecidos estão: Claramente, Bue Monday e Bizarre Love Triangle.

    Curtir

  5. ANTONIO ALEXANDRE disse:

    new wave é uma jóia musical com a cara dos anos 70 e principalmente 80

    Curtir

  6. Marcio Souza disse:

    Muito legal o post. Eu não conhecia o termo “Darkwave”. Eu curto o Tears for Fears. Não sei se enquadra-se nos estilos citados, Abraços.

    Curtir

  7. Marcelo Demonico disse:

    Devo me faz lembra muito dessa epoca

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s